segunda-feira, 31 de março de 2008

Zimbabué: Mugabe derrotado?

Em directo com o Le Monde e o NY Times On Line Services, parece desenhar-se uma derrota estrondosa do PR vitalício e déspota, Robert Mugabe, nas Presidenciais zimbabueanas. As últimas estimativas avançadas pelo NYT, cerca das 18 horas de hoje, revelavam os seguintes resultados: 58 por cento para o candidato do Movimento da Mudança Democrática, Morgan Tsvangirai, 37 por cento para Mugabe e só 5 por cento para o antigo ministro das Finanças, Simba Makoni.

Num rápido balanço da campanha, se Mugabe tentou "instrumentalizar" as chefias das Forças Armadas e da Polícia contra os partidos da Oposição, de realçar a grande postura moderada e apaziguadora do chefe da Oposição, Morgan Tsvangirai, que se furtou a atacar pessoalmente Mugabe. E refutou o envio do "ditador" para o Tribunal dos Direitos do Homem, em Haia, por causa de massacres étnicos perpetrados, há uns anos a esta parte.

Mugabe conseguiu em oitos anos destruir grande parte da economia do Zimbabué, através de um plano sinistro que obrigou a maioria dos colonos brancos a abandonarem as suas terras e gado. A China e a Rússia reforçaram entretanto o seu controlo sobre as minas de ferro,cobre e carvão; e, em troca, providenciam apoio económico e politico à camarilha do partido governamental liderado por Mugabe. A elite política sul-africana tem adoptado um low profile e, sem grande alarde, tentado tirar partido das necessidades prementes do povo zimbabueano de alimentos e objectos de primeira necessidade. A seguir.

FAR

2 comentários:

Anónimo disse...

Se o Mugabe não sair derrotado, não sei mais
em que acreditar. Se no
Le Monde, se NY Times, se
no FAR! Esta coisa de "arrotar postas de pescada"... dá azia!

Anónimo disse...

Se há alguém que não arrota postas de pescada, sou eu. Como está demonstrado à saciedade.É uma postura capital nos dias de hoje, como se sabe.Limitei-me a, em cima da hora, fazer sinal para uma eventualidade. Claro como água: E que bateu, há mesma hora, o Público On Line...

O sr. anónimo devia ler com mais atenção: Mugabe derrotado?; e com ponto de interrogação, sinalética maior do texto feito em cima do acontecimento. Deixem de dizer mal; e façam melhor se souberem!

O resto é o que se vê e sabe, ad aeternum: diga e faça melhor! FAR