quarta-feira, 26 de março de 2008

Migrações forçadas - Simpósio - 27 de Abril a 2 de Maio no Monte Verità


Foto Sérgio Santimano

EXPULSOS, DESLOCADOS, DESTERRADOS
Migrações forçadas na América Latina e em países luso-africanos
Centro Stefano Franscini, Monte Verità (Ascona)

Coordenador: Prof. Martin Lienhard / Romanisches Seminar, Universität Zürich
Assessor: Prof. Jesús Morales Bermudez / Universidad de Ciencias y Artes de Chiapas (UNICACH), Tuxtla Gutiérrez, México
Patrocinadores: Politécnico de Zurique (ETH) / Fonds National de la Recherche Scientifique (FNRS) / DEZA / Hochschulstiftung Zürich / Instituto Camões / KFPE / SAGW / Zürcher Universitätsverein
Informações:
Prof. Martin Lienhard / Annina Clerici / Marília Mendes
Romanisches Seminar / Universität Zürich / Zürichbergstrasse 8
CH-8032 Zürich
Tel.: ++41 44/ 634 35 78 (M. Lienhard) / 634 35 74 (A. Clerici / M. Mendes)
Fax: ++41 44/ 634 49 40 E-mail: lienhard@rom.unizh.ch

Projecto e programa
Causado por situações de guerra ou de conflito armado, mas também pela implementação sem escrúpulos de grandes projectos de tipo extractivo, agrícola, industrial, hidráulico, infra-estrutural e urbanístico, o deslocamento em massa de populações vem provocando, em diversas áreas e localidades de África e da América Latina, situações extremamente graves em termos sociais, económicos, culturais e educativos.
Ao promover um debate interdisciplinar e inter-regional sobre os deslocamentos forçados e as suas causas e consequências, o simpósio que estamos organizando pretende contribuir para um melhor conhecimento deste preocupante fenómeno e intervir no debate – levado a cabo por organismos internacionais, nacionais e não governamentais – acerca das estratégias que é necessário desenvolver na luta contra os deslocamentos e em apoio das populações deslocadas ou re-assentadas. Para se poder avançar nesta direcção, parece-nos imperativo dar especial atenção à experiência das próprias colectividades que foram envolvidas em – ou ameaçadas por – processos de expulsão, deslocamento ou reassentamento compulsivo. Interessar-nos-á especialmente, neste contexto, os movimentos colectivos de resistência contra a expulsão e desenraizamento, as estratégias de sobrevivência das populações dispersas e todas as práticas de reconstrução da vida comunitária – economia, organização social,educação, etc. – nos espaços de reassentamento ou de retorno.
As disciplinas representadas neste colóquio serão, entre outras, a história, a antropologia, a sociologia, o cinema, a fotografia e a literatura. Também se dará a palavra a representantes de organismos comprometidos com a luta contra os deslocamentos e com a ajuda a deslocados. Estamos confiantes que o cotejo de experiências diversas e que o diálogo interdisciplinar e inter-regional nos permitirão chegar a resultados novos e significativos.
As línguas de trabalho são o espanhol e o português.
O simpósio conta já com a participação de uma quinzena de destacados especialistas que provêm, na sua maioria, da América Latina e da África (v. lista em baixo).

Situado na Suíça italiana, perto da cidade de Locarno e do Lago Maggiore, o Centro Stefano Franscini no Monte Verità, antigo refúgio de utopistas e democratas perseguidos, é um espaço idílico que oferece um excelente quadro para os debates deste simpósio.

Informações sobre o Centro Stefano Franscini / Monte Verità

Conferencistas confirmados:
· Prof. Jesús Morales Bermúdez, antropólogo e escritor, reitor da Universidad de Ciencias y Artes de Chiapas (UNICACH), Tuxtla Gutiérrez, México
· Juan Tomás Ávila Laurel, escritor, Guinea Ecuatorial
· Dr. João Paulo Constantino Borges Coelho, historiador e escritor, Universidade Eduardo Mondlane, Maputo, Moçambique
· Prof. José Carlos Sebe Bom Meihy, historiador oral, Universidade de São Paulo, Brasil
· Andrés Cabanas, jornalista de investigação, Memorial de Guatemala, Ciudad de Guatemala
· Prof. Hugo Carrasco, estudioso antropológico-literário, Universidad de la Frontera, Temuco, Chile
· Prof. Fernán E. González, historiador, CINEP, Bogotá, Colômbia
· Carlos Rosero, Grupo de derechos humanos – Proceso de comunidades negras en Colombia (PCN), Colômbia
· Prof. Ricardo Valderrama, antropólogo, Universidad San Antonio Abad, Cusco, Perú
· Prof. Julio Ramos, Cultural studies, University of California, Berkeley, USA
· Prof. Aline Helg, historiadora, Université de Genève, Suisse
· César Pastor, UNHCR (The UN Refugees Agency), Genève, Suisse
· Sérgio Santimano, fotógrafo, Maputo, Moçambique / Uppsala, Sverige
· Juan Lozano, cineasta, Genève / Colômbia
· Jean-Pierre Bastian, historiador de religiões, Université de Strassbourg
· Antonio Melis, estudos literários, Università di Siena

Estão previstas algumas actividades culturais (teatro, cinema, etc.).

Via Ponte