quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

Subida do pão: medida saudável

Para João Miranda, a subida do pão não é só boa economicamente. É uma coisa saudável, que vai combater a obesidade. A lógica é irrefutável, porque o homem até remete para Carl Jung (quem tiver dúvidas, depois pergunta-lhe, pode ser que ele se digne a explicar).
No fundo, o pão até podia subir mais, que isso não afecta ninguém. Tudo propaganda pró - calórica socialista.
Num país com dois milhões abaixo do limiar da pobreza, João Miranda é a prova viva que é possível escrever em jornais sem ter a mínima ideia do país e do mundo.
Quando o leio, tenho a triste sensação que para João Miranda sustentar uma ideia logicamente, ainda lhe falta comer muito pão.

3 comentários:

Tárique disse...

Para o João Miranda é louvável porque sendo um custo mais relevante para os pobres, aumenta o fosso entre estes e os ricos e é portanto um incentivo extra à produtividade. Nada incentiva a produtividade de um trabalhador como ver que a conta fica a zeros depois de se comprar os bens essenciais como o pão.

zemari@ disse...

Por vezes, alguns entrevistadores, no alinhamento lógico das questões ou a despropósito, perguntam "E qual é a sua palavra preferida/ou a que considera mais importante/ou a com maior significado para si?"
Há quem responda: "O amor", "A liberdade" e até "'Carpe diem'".

Para mim é "Pão".

Anónimo disse...

Quem é esse João Miranda?