segunda-feira, 22 de março de 2010

Perdoar

esquecer
todas as nuvens
que ensombram
a alegria
todas as máscaras
que encobrem
a verdade
todas as defesas
que enfraquecem
a vitalidade
toda a arrogância
que invalida
o respeito
toda a prepotência
que insulta
a inteligência
todas as fugas
que acobardam
a existência
todas as traições
que aviltam
a transparência
todas as agressões
que sujam
e envergonham
a dignidade
e são sempre
fruto do medo
oposto do amor

Maria Hespanha

Sem comentários: