domingo, 21 de março de 2010

Do jornalismo que por cá se faz

"...a nossa imprensa, quase toda, vive à procura de sangue, escândalos, tragédias ou heróis."
(...)
" De Mirandela ao 'Face Oculta' não vai assim tanta distância: a história é diferente, mas os métodos são semelhantes e, se pensarmos, o objecto final deste jornalismo é rigorosamente o mesmo."
Confessso Que Não Entendo, Miguel Sousa Tavares, Expresso 20/03/10

Sem comentários: