sexta-feira, 18 de junho de 2010

José Saramago (1922-2010)


Era um escritor algo sobrevalorizado, mas escreveu pelo menos dois romances enormes: Levantado do Chão e O Evangelho Segundo Jesus Cristo. E isso não é para qualquer um. Agradava-me também nele que fosse comunista mas heterodoxo (uma espécie rara), que se tivesse pirado para Lanzarote a remoer maledicências sobre o Portugal cavaquista que o quis censurar, e passado desde esse momento a defender uma união com Espanha, e acima de tudo ter sido sempre um homem que pensou com a sua própria cabeça. José Saramago, Nobel da Literatura em 1998, chegou ao fim da sua viagem.

5 comentários:

Anónimo disse...

Escritor sobrevalorizado? Porquê? Por quem? Raramente o vês citado nos media a não ser para maldizer, raramente os seus livros são referidos como obra maior, que são.

E já agora esqueceres, o cerco de lisboa, o ricardo reis e o ensaio sobre a cegueira, claramente superiores ao evangelho segundo jesus cristo, não te fica nada bem.

Teresa disse...

José Saramago foi um escritor genial de dimensão universal. Sinto orgulho por ele ser português.

André Carapinha disse...

"Escritor sobrevalorizado" - é uma opinião, que vale tanto como outras,

O "Levantado" e o "Evangelho" serem os melhores livros - é outra opinião, que vale tanto como outras. Embora o "Ricardo Reis" seja também um grandíssimo livro, são esses dois que considero obras universais.

É curioso, aliás, que estando hoje a ouvir a programação da rádio sobre o Saramago, toda a gente citava como melhores livros diferentes. Isto diz muito sobre o escritor, em seu abono, claro,

André Carapinha disse...

Entretanto há para aqui um problema qualquer que faz com que alguns comentários não apareçam na página inicial do blogue. Foi o que aconteceu com o do primeiro anónimo, até se postar um segundo comentário, no blogue o post aparecia como tendo "0 comentários". Já tinha reparado nisto num post anterior.

A ver se percebo o que se passa e as minhas desculpas ao anónimo afectado.

Anónimo disse...

Alguem se referiu aos saneamentos levados a cabo por Jose Saramago no jornal que dirigiu? Nao? Porque? orque nao se diz senao bem dos mortos?Grande escritor .... mas estalinista pelo menos nos tempos do PREC