sexta-feira, 6 de junho de 2008

As caixas de comentários deste blogue andam, infelizmente, sujas. Está visto que uma ou mais pessoas fizeram seu divertimento o insulto, especialmente a um dos colaboradores, mas também a todos os que por aqui escrevem.
O mínimo que posso dizer a essas almas, é que certamente não compreenderam o que é um blogue; o máximo, que a sua vida será suficientemente triste para se darem ao trabalho de destilarem tanto fel como por aqui fazem.
A partir deste momento apagarei todos os comentários notoriamente insultuosos que apareçam. Note-se que isto é a nossa casa, na qual temos todo o prazer em acolher quem nos visita por bem, e quem contribui. Não é a casa da Joana, nem palco para ressabiados.
Começo a partir deste post. Nos posts abaixo ficam os exemplos, para que se entenda de que espécie de gente falo.

51 comentários:

José Fernando disse...

André Carapinha: Desfiz todas as dúvidas a seu respeito. Peço desculpa por alguma ideia ou presságio mais turvo. Conte comigo para tudo. Um abraço e fim a toda essa amálgama- omolete- de maus sentimentos. Criticar, sim, mas as ideias e nunca as pessoas. FAR

Táxi Pluvioso disse...

Pois acho que todos os comentários deviam ser anónimos e quem viesse pavonear a sua identidade fosse apagado. A começar por este.

Devemos criticar ideias, é verdade, e bater nas pessoas. Chama-se "propaganda pelo acto" in Kropotkin.

André Carapinha disse...

Acredito que tenha desfeito, e aceito as desculpas. Mas as desconfianças / insinuações não desaparecem de animo leve.

Caro FAR: como lhe escrevi em mail, os anónimos que o insultam - que, como disse a Ivone, não são o Jguitar (e se calhar também lhe deve um pedido de desculpas) - só o fazem porque v. lhes dá importância. Ignore essa gente que eles se calam num instante.

Assim ficaremos com os textos, as opiniões, e não com a peixeirada. Se calhar com menos comentários, menos cliques no blogue, menos visitas na estatística, mas recuperando dignidade, em vez deste circo de mau gosto.

André Carapinha disse...

Taxi, eu não falei em anónimos no post.

Apagarei os insultos, assinados ou não. Nunca tive problemas com anónimos. Nem com "bater" forte e feio.

Acho que aqui o problema já se tornou outro. É mesmo o circo. Mas isto é uma opinião. Pode-se discordar dela.

(só que como isto não é uma democracia, discorde-se ou não, eu farei o que entender)

Anónimo disse...

Concordo contigo André ,queres um conselho?
Mete o Far e o Armando numa jaula de "macacos".
Ficará tudo mais calmo.....

Táxi Pluvioso disse...

Oh que diabo! Quer dizer que a luta continua em vez da lota continua? Como gostamos tanto de peixeirada e a sardinha está tão cara... morre uma época. La Belle Epoque.

José Fernando disse...

André Carapinha: Estudo a Democracia há anos. Quem me lê, no essencial, percebe que tudo gira nesse eixo fundamental: a nível político, teórico e sentimental. E o grande mestre, o maior e mais completo, para lá de Debord, Lefort ou Allan Bloom, ou Bakounie e Nietzsche/Klossowski, entre outros, é CASTORIADIS, o mentor de Debord e de Cohn-Bendit, o dos velhos tempos. Vou escrever ao JGuitar99, claro. Aliàs, não há muito tempo tinha alvitrado ao Armando para fazerem as pazes e ele regressar ao blogue,de novo. FAR

ivone disse...

O FAR faz-me lembrar aquela personagem esverdungada da "A Zaragata", dos livros de Astérix. Por onde passa fica tudo envenenado...
ELE que se cuide (pois é o maior nos insultos), agora que há um administrador que fará o que entender (poder é poder, em qualquer tasca), corre o risco de ser apagado.
Sorte do FAR a rapaziada ter levado para a brincadeira as tonterias e ofensas que vomitava por aqui... Já causou estragos maiores noutra ocasião. Mas o humor não deve ser uma das suas características.
É o que me ocorre sobre o assunto.

Táxi Pluvioso disse...

Finalmente o amor reina para podermos entrar em assuntos importantes como o facto da gasolina estar ainda muito barata e o pensamento de Cristiano Ronaldo ter enterrado Lourenços e Sara-Magos.

José Fernando disse...

D. Ivone: Peço desculpa mas deve estar a falar de outra pessoa. Eu sempre me esforcei por ser conciliador e amigo das pessoas. E nunca dei muito valor a questões do conhecimento. Quem me lê, sabe que é esse o sentido de todos os meus combates. Está tudo registado nos Arquivos deste Blogue. E também nos e-mails que enviei para o JGuitar/AO para lhe dar o meu apoio e reconhecimento.Sempre que ele julgava que o atacava pessoalmente.Em simultâneo com o que ficava escrito em directo no Blogue. Há sempre lugar para quem joga claro,frontal e correcto.Lamento alguma falta involuntária e peço desculpa, a si, por a tratar com toda esta cerimónia. FAR

Armando Rocheteau disse...

Assim é que é bonito. Comentários muitos e só um de anónimo-anónimo.
Viva também a divisão do trabalho cá dentro.
Confesso, no entanto, que me diverti com a troca de comentários. Alguns de anónimos-anónimos, outros de comentadores encartados.
Termino citando o sempre acutilante Táxi Pluvioso: Finalmente o amor reina para podermos entrar em assuntos importantes

José Fernando disse...

Armando: Quem lê um pouco o que se passa- em Londres, Moscovo, no fim de reinado de GW Bush vergonhoso em Washington, em Paris com um Sarko a deslizar - sabe o estado a que isto chegou. Berlim e Tóquio, os seus governos, tentam manter a linha de equilibrio e independência comercial que os caracteriza... Mas há a atracção da China e da Rússia onde reside o segredo da Mais-Valia... A África do Sul na sucessão do " desastrado " Mbeki, incendiou-se. O Brazil ninguém entende...Restam as ilhas gregas para meditar e fazer um pouco de queijo para comer com figos, à beira mar? Não há memória de uma tão louca e surrealista corrida para o futuro!!! Convém, por isso, não desbaratar forças e analisar o que se pode transformar, como diria o bom K.Marx !. Foi sempre com essa meta que eu escrevi para o Blogue! FAR

Anónimo disse...

Oh! Acabou a brincadeira? Que pena... estava tão divertido. Confesso que quando passava por aqui já nem ía aos posts, mas directamente aos comentários.
Enfim... até um dia!

José Pinto de Sá disse...

O certo é que a campanha anti-FAR e a intervenção do André desencadeou o primeiro debate realmente alargado que aqui vivíamos há muito. E que suscita realmente questões muito interessantes sobre a liberdade, na blogosfera ou não. De notar que, em doze comentários, só um vem assinado "Anónimo"... Ainda se escreve direito por linhas tortas. Um grande bem haja.

Anónimo disse...

Oh André, tudo isto porque ficou demonstrado que a tua poesia não chega aos calcanhares do Daho Etienne? E o FAR, tão parvo, que julga que te solidarizaste com ele!!!

Anónimo disse...

Três Vivas ao camarada FAR!!!
Três Vivas ao camarada André!!!

Ass: um anónimo à beira de ser apagado

Anónimo disse...

Nos posts abaixo ficam os exemplos, para que se entenda de que espécie de gente falo.

1. Ainda bem. Assim, podemos continuar a rir mais um bocadinho
2. Ainda bem. Assim podemos avaliar com rigor o Antes e o Depois da era FAR
3. Gosto de putos paternalistas e exemplares. Se isto não fosse só HTLM sempre podias deixar um cadáver pendurado em praça pública para servir de exemplo. Graças a deus que isto é tudo virtual. E viva o Google!

ass: um anónimo prestes a ser decapitado

José Fernando disse...

Vale mais copy-paste do que nada. Sem passar por a releitura de Marx, não se consegue nada de positivo. A não ser que aceitemos a lógica do Big Brother. Nenhum Blogue que se preze tolera comentários insultuosos. Eu faço todos os dias a minha pequena revolução numa multinacional. Com charme e afecto, mas só queria fugir...FAR

Anónimo disse...

O respeitinho é muito bonito e umas lambadas dadas a tempo nunca fizeram mal a ninguém
ass: ANDRÉ FAR TARIQUE GOIS

Anónimo disse...

Eu faço todos os dias a minha pequena revolução numa multinacional

Já fechou?

Anónimo disse...

E que suscita realmente questões muito interessantes sobre a liberdade, na blogosfera ou não.

Oh José, as questões sobre a liberdade estão resolvidas pelo menos desde Voltaire, mas suponho que esse autor não seja da cabeceira do FAR

De notar que, em doze comentários, só um vem assinado "Anónimo"
Essa mania dos anónimos é um bocado palerma. Aqui, em HTLM, somos todos anónimos até quando temos nome. Por exemplo, como posso saber que o José Fernando não é o André, o Gois, o Tarique, tu próprio ou mesmo eu que já ando baralhado com a minha identidade?
Aqui, é como no Frei Luís de Sousa:
«Quem és tu, Anónimo?»
«Ninguém»
ass: o Romeiro

Anónimo disse...

Note-se que isto é a NOSSA casa

E tu és quem, André? A rainha de Inglaterra? com esse nós majestático, só podes.
Armando, deixaste de exercer? E o resto do maralhal, cala-se, armado em filhos de Goobells e Hitler e etc.?

José Fernando disse...

EStá mais do que provado:as piadas fazem o jogo do "sistema", isto é, da exploração do homem pelo homem. Querem piadas, rumam para outro Blogue, SFF. Este Blogue, tanto quanto sei, quer ajudar a fazer a Revolução Social e Politica ! Que passa também pelo vector Cultural, Musical e Ecológico, o BIO-poder de que fala o Negri. Aliàs, andei a ler quase todo o Negri,os livros sobre o Brazil e a América do Sul, a Fábrica de Porcelana- são ensaios que intermedeiam as grandes obras: Adeus ao Socialismo!, Império, Multitude, e o terrível livro sobre o Espinoza, sustentado pela argumentação do Deleuze...Isso é que, a par de outros dossiers, é o que devemos fazer. Do meu ponto de vista. Para ver como a própria extrema-esquerda portuguesa é fraquérrima.Para não falar do mundo libertário português- existe? Ou só existe no ISEG e no ISCTE? Termino com uma famosa frase do Lacan, dita ao descer do avião em Caracas: O progresso é reaccionário! Avanti FAR

Anónimo disse...

lacan viajava low-cost.

Anónimo disse...

então estes comentários não são apagados? todos menos este.

Anónimo disse...

que seja instituído um prémio para o primeiro comentário apagado!!!!

Anónimo disse...

A grande piada é que seja qual for o post a discussão é a mesma. Mandeca, podes deixar de postar, abre só caixa de comentários!

Anónimo disse...

Que tem a minha casa de mal?
JOANA

Anónimo disse...

"O mínimo que posso dizer a essas almas, é que certamente não compreenderam o que é um blogue;"

FAR à sua alma!

Anónimo disse...

isto é a nossa casa, na qual temos todo o prazer em acolher quem nos visita por bem...

Que beatice.

Anónimo disse...

mais um comentário para chegar aos 50.

um comentário.

Anónimo disse...

Quem bem acolhe dá a mulher a comer.

Anónimo disse...

"as piadas fazem o jogo do "sistema", isto é, da exploração do homem pelo homem."

Caraças, esta é demais. ESTE GAJO NÃO EXISTE...


Ass: VER PARA CRER

Anónimo disse...

Romeiro, estou contigo.

Anónimo disse...

E à exposição do Sérgio, alguém vai?

Anónimo disse...

Sesimbra é nice...

mummy disse...

Lê-se e não se acredita.Insultos, insinuações...Vocês usam o blog para lavar roupa suja, para fazer psicoterapia?
Quanto ao tal de FAR é um chato e um moralista. De resto, assino por baixo o comentário da Ivone.
"D. Ivone", este gajo é parvo!

Anónimo disse...

os insultos estão muito fracos. vamos mais um esforço.

Anónimo disse...

Mandeca, és tu a atiçar, pelas audiências?

André Carapinha disse...

Já apaguei comentários neste post, e voltarei a apagar os que entender.

"E que critério usas"?

O meu. Se discorda, tem bom remédio: vá pregar para outra freguesia.

Curiosamente, nota-se como este anónimo (pois que se percebe bem que é só um) ficou algo aborrecido com isto. By the way: pelos seus comentários apagados neste post, já pode entender quais passaram a ser os seus limites. Sabe que não se pode deixar as crianças fazer tudo.

E não vale a pena começar a provocar-me. Como bem perceberá, não leva troco.

Ivone:

Poderás ter ou não razão no que ao FAR diz respeito. Isso é assunto para outra conversa.
Como és uma pessoa que eu respeito imenso, espero que entendas que eu não quero deixar o meu nome associado a peixeiradas de mau gosto.
E se é verdade que o FAR em outros momentos não se portou bem, neste está a ser vitima de uma perseguição pessoal com ares de terrorismo intelectual, em que é constantemente provocado e explorado nas suas fraquezas.

Eu ou fazia isto ou saia do blogue.

Anónimo disse...

Deviam pôr uma transcrição dos comentários apagados para sabermos o teor. Assim ficamos na mesma. Pode ser mais do que um crítico.

E ninguém fala de futebol?

Anónimo disse...

mas que critério é este? estão aqui muitos insultos ainda.

Anónimo disse...

É engraçado como, se bem me lembro, dos poucos comentários apagados aqui, um deles era o que punha em causa a mestria poética do Sr. Administrador. O que só prova que o Sr. Administrador, além de mau poeta, tem pouca capacidade de encaixe.
ass: Étienne

José Fernando disse...

Mr. Mummy: Eu conheço quase só de vista a D. Ivone. Por isso não a trato por tu. Tão-só. Simples, não acha?Ela devia desconhecer os e-mails que enviei ao AO, há dois anos, para o exortar a não abandonar. E a elogiar os seus(dele, AO) dotes de escrita. Sem Informação: cometem-se muitos crimes. Eu acho que deve haver responsabilidade social e política nos Blogues. Por isso, advogo que as pessoas se identifiquem. Pelo menos com o e-mail, como todos os Blogues responsáveis o praticam.

Defendo uma moral revolucionária post-kantiana cinzelada pela Mínima Moralia do Adorno. Sou um pouco pessimista como o Max Weber o era. E acho que a linguagem é expontâneamente reaccionária, como indicava o Roland Barthes. Depois existe o jogo e a seriedade, a paixão e a vontade de fazer o bem. Independentemente de quem nos nos parece indiferente. Ou mal informado. FAR

O André Carapinha

Anónimo disse...

E acho que a linguagem é espontaneamente reaccionária

... então, porque falas tanto?

Anónimo disse...

O Mandeca deve estar louco de filicidade!!! Não será ele a provocar todo este tumulto?

José Fernando disse...

Então meus caros, e essas leituras? Reler Malraux, a " Esperança", why not? " Aprendi que uma vida não vale nada, mas também que nada vale uma vida ".Até sempre! FAR

Anónimo disse...

Até sempre! FAR

o sempre é que me aterroriza...

Anónimo disse...

É impressão minha ou o Eça e o Ramalho foram sujeitos a censura?!
Ai, malandro! Agarrem-me que eu vou-me ao Sr. Administrador

ass: um anónimo exaltado e bem bebido

Anónimo disse...

É verdade que somos todos amigos, mas Ivone, nunca pensei que nos levasses a sério.

Anónimo disse...

Eu sou amigo de toda a gente, menos do FAR e do André (o Goobells e o Hitler não contam que já morreram).