quinta-feira, 13 de novembro de 2008

E ainda há surdos que dizem que ela é um caso de marketing


Amy Winehouse, Teach me tonight


Amy Winehouse, Back To Black
A propósito deste abutre idiota que, peço desculpa, bem podia ir enfiar a escultura num sítio que eu cá sei.

9 comentários:

Táxi Pluvioso disse...

Não vejo onde está o abutre mas tenho dificuldade em perceber a nova linguagem FARiana. Agora a arte sim. Estou de acordo que todos os artistas deviam ser encerrados em Guantánamo e chave atirada fora. "O anho sacrificial" indeed.

1 gajo que frequentava o castelo ao lado dos Penicheiros disse...

Adoro a Amy que voz!
Acho que ela é um personagem muito interessante. Infelizmente a sua maior inimiga é ela. Nisso identifico-me bastante com ela. Fui ve-la ao rock in rio (o bilhete foi oferecido, mas so a Amy me consegui fazer ir aquele hipermercado gigante que ajuda os pobrezinhos com um bocadinho da sua GIGANTE receita)nesse dia não cantou nada... tava toda lixada (a falta de melhor adjectivo) mas gostei de vê-la ao vivo e a cores espero que ela se alimente melhor
para ganhar uns kilitos (gosto de mulheres com "chicha")e que deixe de consumir tanta porcaria.
Espero que as coisas corram bem com a Amy (e já agora cmg tb ;)

P.s.-Comprei o Dvd da Amy ao vivo em Londres na Feira da Ladra --- 5 euros.

Ana Cristina Leonardo disse...

linguagem FARiana? A Amy?!!!
Guantánamo?!!! Acho que te enganaste de post.

mas gostei de vê-la ao vivo e a cores
se passar em NY, pode vê-la morta e a cores tb. E que as coisas corram bem consigo, onde quer que esteja.

um gajo que costumava ´tar ao lado dos penicheiros no castelo disse...

Thx :)!

Táxi Pluvioso disse...

Não me enganei. "Abutre idiota", ratazana, camelo, fdp etc. é a linguagem FARiana a que me refiro. Depois de ter lido o link em inglês não se percebe a adjectivação.

No "who the fuck is Marco Perego? Estou de acordo: fogueira com ele! Artistas indeed! Que direito têm eles em fazer estátuas. Se fosse um querido português, outro galo cantaria.

Táxi Pluvioso disse...

... e linguagem FARiana não significa que proceda necessariamente de FAR. É aquela que precedeu e motivou a activação da moderação de comentários.

L'emmerdeur disse...

Realmente uma história absurda. Que o Burroughs devia estar com uma grande pedrada quando se armou em Guilherme Tell e matou a Joan, não duvido. Mas porquê agora, uma pérola, a Amy?

Ana Cristina Leonardo disse...

abutre: animal que se alimenta de cadáveres.
idiota: imbecil.
e lá por a winehouse estar viva e o marco estar a pensar embolsar uns cobres com a estátua não quer dizer que não seja isso que ele é. exactamente. dispensado o moralismo do “rock stars are the sacrificial animals of society.” Don't tell me!

Táxi Pluvioso disse...

Completamente de acordo. É exactamente isso que estou a dizer, eu também sou fascista, por isso a oh!bâmica eleição tem uma importância enorme, espero que leve ao fascismo global (mas no bom sentido, fascismo bonzinho, só "elimina" inimigos da democracia). A Fox News já está bem posicionada.