terça-feira, 8 de novembro de 2011

"Como um grego ensina a um alemão a História das dívidas"

Absolutamente essencial este post do Aventar.

2 comentários:

Táxi Pluvioso disse...

Os povos subdesenvolvidos servem, no esquema moderno, desde o século XIX, para os povos ricos venderem porcarias que para nada servem, e enriquecerem ainda mais. Lembro-me que há um povo subdesenvolvido que comprou dois submarinos, e queria comprar dúzias, estou aqui a puxar pela memória, mas não consigo lembrar-me que povo é esse.

André Carapinha disse...

Isso é bem verdade. Após o esquema colonial, e findo esse filão, o imperialismo económico dos ricos virou-se para cada vez mais perto. Neste momento os países periféricos, como Portugal, a quem destruíram as capacidades produtivas em nome de "políticas comuns" europeias, servem para alimentar a economia desses "grandes". Como é óbvio, isto acaba mais cedo ou mais tarde por se tornar insustentável, e agora é esse momento.