sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Exposição na P4 até 25 de Setembro


More Sérgio Santimano works:
New Sérgio Santimano Website: www.sergiosantimano.com
and http://www.p4photography.com/limited_editions/browse/?title=&photographer=481&technique=0&theme=0&category=0&page=0


P4 Team
www.p4photography.com

--
P4 LTD.
www.00P400.com
Photography Auctions ArtGallery Movies

VoIP Phone: +1 (646) 736-7542
eFax: + 1 (917) 591-7704

Sinais


Desenho Maturino Galvão

quinta-feira, 21 de agosto de 2008

De um aniversário lá mais para sul





Convite para Uppsala

(Museu de Arte de Uppsala) INBJUDAN - Convite till invigning av den nya konstnärliga utsmyckningen på Vänge skola Inauguração fredagen den 22 augusti kl 8.30
Välkommen!
Bem-vindo!

PRESSMEDDELANDE (Comunicado de imprensa) 2008-08-14 Sérgio Santimano, Niklas Holm och Sara Johansson på Vänge skola . Fredagen den 22 augusti invigs den nya konstnärliga utsmyckningen på Vänge skola. Verk av konstnärerna Sérgio Santimano, Niklas Holm och Sara Johansson har valts till skolan. Valet av konstnärer präglas bland annat av skolans intresse för internationella frågor och engagemang i världen. Vid invigningen närvarar bland annat konstnären Sérgio Santimano och Mocambiques ambassadör Pedro Comissario. Musikern Celso Paco med band spelar musik från Mocambique. Konsten invigs 8.30 av intendenterna för offentlig konst vid Uppsala konstmuseum Åsa Thörnlund och Maria Dahlström.
Sexta feira dia 22 inaugura-se uma nova ornamentação artística na escola de Vänge (Uppsala-Suécia)Obras dos artístas Sérgio Santimano, Niklas Holm e Sara Johansson foram as escolhidas. Durante a inauguracão para além do artísta Sérgio Santimano e do embaixador de Moçambique na Suécia Pedro Comissário, haverá música interpretada pelo músico Celso Paco de Moçambique. A abertura da inauguração será ás 08.30m pelos intendentes culturais do Museu de Arte de Uppsala, Åsa Thörnlund e Maria Dahlström.

Fotos Sérgio Santimano

Vänge skola har en speciell relation till Mocambique bland annat genom engagemanget för flickan Isabel, från Mocambique. Fotografen, konstnären och Uppsalabon Sérgio Santimano är född i Mocambique. Med hans dokumentärt präglade bilder skildras livet i det samtida Mocambique. Santimano beskriver sina fotografier som dokument som ”visar och rapporterar utsnitt av samtiden, vardagen, hur man klarar livet, barnen, kvinnorna, naturen, det svåra, kärleken till livet”. På Vänge skola finns nu fotografier på barn som leker i Mocambique. Men här finns också nytagna fotografier av barn på Vänge skola som också leker. En av konstnärens drivkrafter är att skapa broar mellan människor och att ge förståelse för livet i Mocambique. Genom att integrera projekten från Mocambique och Sverige har Santimano utvecklat sin idé om konsten som brobyggare. Projektet med eleverna på Vänge skola är det första fotografiska projektet av detta slag som Santimano gjort i Sverige.
A escola de Vänge tem uma relação especial com Moçambique, entre as quais se destaca o apoio a menina Isabel de Moçambique e o fotógrafo e artísta residente em Uppsala Sérgio Santimano que nasceu em Moçambique. Atravéz da sua fotografia documentária sobresai a vida em Moçambique. Santimano descreve a sua fotografia como documento que “ pretende mostrar o dia a dia, como as pessoas enfrentam a vida em Moçambique, crianças, mulheres, natureza e as dificuldades, amor pela vida”. Na escola Vänge temos agora fotografias com crianças que brincam em Moçambique. Mas também temos fotografias recentes das crianças de Vänge que também brincam. Uma das motivações artísticas ou atravéz da arte é o de se poder criar ligações, pontes, entre as pessoas, para que estas compreendam melhor a vida em Moçambique. Através da integração de projectos entre Moçambique e Suécia, Santimano conseguiu desenvolver uma ideia de arte, de como construir pontes. O projecto com os alunos na escola de Vänge é o primeiro projecto fotográfico deste género que Santimano realiza na Suécia.

Niklas Holm

För mer information (Para mais informações contactar)Åsa Thörnlund, intendent offentlig konst, tel 018 727 13 70e-post: asa.thornlund@uppsala.seMaria Dahlström, intendent offentlig konst, tel 018 727 15 39e-post: maria.dahlstrom@uppsala.seEva Björkman, marknadsföring, grafisk formgivning, tel 018 727 24 80, mobil 0768-30 48 91e-post: eva.c.bjorkman@uppsala.se
www.sergiosantimano.com

quarta-feira, 20 de agosto de 2008

terça-feira, 19 de agosto de 2008

Rentrée

O primeiro-ministro é um homem notável. Mal veio de férias, ganhou uma medalha nos Jogos Olímpicos.
Luis M. Jorge

segunda-feira, 18 de agosto de 2008

sexta-feira, 15 de agosto de 2008

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Escândalo diplomático: Putin não responde a assessor de Cavaco Silva (nem a FAR)

Fontes anónimas e revolucionárias (FAR), directamente do teatro de guerra e em exclusivo para o 2+2=5, certificam que Влади́мир Влади́мирович Пу́тин , ou seja, Vladímir Vladímirovitch Putin (quiçá por estar demasiado centrado na expectativa de encontrar Carla Bruni) ignorou o bombástico artigo de Nuno Sampaio publicado na imprensa portuguesa. Sabe-se que Putin, ao contrário do Papa, não lê português e que, além disso, ainda se encontra a digerir as majestáticas palavras de Cavaco: «Dissemos e eu próprio já disse que temos as nossas próprias dúvidas sobre o respeito das normas internacionais».
O ex-presidente e actual primeiro-ministro russo, contactado para um número de telefone que por questões éticas não podemos fornecer aos nossos leitores, não quis falar com FAR, escusando-se a comentários.

Do correio dos leitores (que os temos)

Caro Homónimo
Permita-me Vossa Excelência a familiaridade, mas é precisamente a coincidência baptismal que me traz. Amigo de longa data fez-me notar que o blogue que Vossa Excelência administra (dizem-me que magnanimemente), vem publicitando, de há uns tempos a esta parte, uma série de músicas encabeçadas pelo meu nome. Fui ver, imitando Gil, e confesso que aqui na ilha, onde vivo em reclusão voluntária, têm-se servido as referidas de agradável companhia. Embora desconhecendo a razão de ser de tais postes nuncupatórios, o que me surpreendeu mesmo – resultado, suponho, de alguma confusão de identidades –, foram os comentários apensados. Queria, assim, esclarecer Vossa Excelência e os autores de tão bizarras apostilas que:
1. Não sou proprietário de quaisquer canários
2. Nunca ninguém me ficou com o faqueiro
3. Sou reformado da Marinha e jamais exerci a profissão de professor
Posto isto, acrescento que a gota de água (que me decidiu a dirigir-lhe esta carta) transbordou perante as últimas referências a coalas e cangurus, marsupiais que nunca avistei pelo Pico, nem sequer no continente.
Em jeito de compensação pelo tempo que lhe terei tomado, junto vídeo musical que ilustra bem as belezas açorianas, ainda que a minha amada ilha nele não apareça.
Sempre a considerá-lo
Armando Acúleo (Armandinho do Pico, prós amigos)

terça-feira, 12 de agosto de 2008

terça-feira, 5 de agosto de 2008

segunda-feira, 4 de agosto de 2008

Sinais


Desenho Maturino Galvão

Subitamente, no Verão, um de nós faz 60 anos

Salazar continua a cair da cadeira

O Tribunal Criminal de Braga condenou um pai, Ilídio, Pires Costa, ao pagamento de 120 euros, por considerar que a estalada que este deu à filha «causou dor» e que «uma menor de 15 ou 16 anos não se educa à bofetada».
O caso é contado na edição desta sexta-feira do jornal Público, que revela que esta sentença foi confirmada pela Relação de Guimarães.
A bofetada foi dada no meio da rua há um ano, quando a filha de Ilídio, separado, se recusou a regressar a sua casa após ter tido férias com a mãe, conforme estipulado na regulação do poder paternal.
Tendo encontrado a filha adolescente na rua, os ânimos entre ambos exaltaram-se, e a rapariga bateu com as mãos no peito do pai, empurrando-o. E recebeu em troca uma bofetada na cara.

sábado, 2 de agosto de 2008